Copergás contribui para a retomada das atividades econômicas de Pernambuco

01/10/2020

Em setembro, a Companhia pernambucana ultrapassou a marca
de 100 indústrias em atendimento na sua carteira de clientes

A Companhia Pernambucana de Gás – Copergás tem dado a sua contribuição para a retomada da economia pernambucana, após a fase mais crítica da pandemia da Covid-19. No início de setembro, a Copergás alcançou a marca de 100 indústrias com abastecimento de gás natural em Pernambuco. A Zummi, fabricante pernambucana de bicicletas, foi 100ª indústria do Estado a contar com os benefícios do gás natural

Até o final de setembro, a Copergás interligou 8 novas industrias à sua rede de distribuição: Bentler (Igarassu), Marilan (Igarassu), Roca Metais (Vitória de Santo Antão), Tropical Alumínio (Recife), Zummi (Paulista), Frisabor (Paulista), Laboratório Aché (Cabo de Santo Agostinho/Complexo Industrial de Suape) e a Tramontina Louças (Moreno). Até o final de 2020, a Companhia planeja somar mais 9 novas indústrias com abastecimento de gás natural.

No último mês de agosto, as indústrias pernambucanas abastecidas do GN consumiram cerca de 1.159 milhões m³/dia do combustível – ultrapassando o consumo obtido antes das restrições de enfrentamento à pandemia. A infraestrutura de gasodutos da Copergás é benéfica para o desenvolvimento do Estado, pois incentiva possíveis investidores a ocuparem os espaços que já contam com as vantagens do gás canalizado. Novos clientes industriais são importantes para o crescimento da rede de distribuição graças ao consumo elevado, que viabiliza as obras de expansão a outros segmentos econômicos.

Durante o primeiro semestre, mesmo com pandemia do Covid-19 em Pernambuco, as obras para interligação de novos clientes não foram interrompidas. A Copergás é considerada serviço essencial pelo Governo do Estado. Com todos os cuidados necessários para a prevenção do vírus, não interrompeu suas atividades de campo, enquanto as áreas administrativas trabalharam em home office até o mês de junho – retornando às atividades presenciais entre o final de junho e meados de julho.

O aumento da velocidade de interligação de novas indústrias à rede de distribuição faz parte do plano de investimentos da Copergás para a expansão da infraestrutura do gás canalizado. “Ao longo de 2020, a Copergás tem feito a sua parte como uma atividade considerada essencial à população pernambucana, trabalhando para manter as suas atividades econômicas, dando continuidade às obras de expansão e de atendimento a novos clientes. Ao não interromper essas ações, a Companhia contribui para que a retomada seja mais rápida, gerando empregos e renda no nosso Estado”, argumentou o presidente da Copergás, André Campos.

As indústrias podem utilizar gás natural para uma variedade de finalidades, desde o abastecimento de empilhadeiras até a alimentação de geradores de energia. Com o combustível distribuído pela Copergás é possível economizar nos gastos mensais, com segurança e baixa emissão de poluentes.

Atualmente, a Copergás ultrapassa os 900 Km de gasodutos em funcionamento no Estado. A Companhia atende a mais de 48 mil clientes, nos setores residencial, comercial, industrial, veicular, termoelétrico e de cogeração de energia. Com uma média 1,5 milhão de metros cúbicos de gás natural sendo comercializado diariamente, a distribuidora oficial do estado de Pernambuco prevê um aumento notável na infraestrutura para os próximos 5 anos, construindo, aproximadamente, mais 490 km de rede de distribuição.

Ainda em julho de 2020, a Copergás assinou contrato de fornecimento com a Golar Power, multinacional especializada na comercialização de Gás Natural Liquefeito (GNL). A operação deve se iniciar no primeiro trimestre de 2021, quando a unidade flutuante de gaseificação e armazenamento da empresa se instalar no Complexo Industrial Portuário de Suape, transformando o Pernambuco no mais novo hub de distribuição de GNL no Brasil.

Esse projeto representa investimento de R$ 1,8 bilhão e visa o fornecimento de gás natural para localidades distantes da rede de gasodutos, através de contêineres-tanque, transportados por caminhões. O primeiro município que contará com uma rede local de distribuição será Petrolina, com 40 km de gasodutos isolados da rede principal da Companhia, viabilizando o fornecimento de gás natural para mais clientes e mais indústrias.

A interiorização e expansão do acesso ao gás natural em Pernambuco é prioridade para a Copergás. A empresa de economia mista atua há 28 anos no Estado e possui como sócios o Governo do Estado de Pernambuco, a Mitsui Gás e Energia do Brasil e a Petrobras Gás S.A – Gaspetro. A Companhia foi a primeira do Brasil a conquistar a tríplice certificação no Sistema de Gestão Integrado (SGI), comprovando o comprometimento com a gestão de qualidade, segurança no trabalho e preservação ambiental.