Diretoria da Copergás é reconduzida para o biênio 2021-2023

23/02/2021

André Campos (diretor-presidente); Fabrício Bomtempo (diretor técnico-comercial) e Luciano Guimarães (diretor administrativo-financeiro)

Em reunião por videoconferência no último dia 19, o Conselho de Administração da Companhia Pernambucana de Gás – Copergás reconduziu para um mandato unificado de dois anos a Diretoria Executiva da empresa, composta por André Campos, diretor-presidente; Fabrício Bomtempo,  diretor técnico-comercial, e Luciano Guimarães,  diretor administrativo-financeiro. A decisão vale para o período que vai de 19/02/2021 a 18/02/2023.

Criada em 17 de setembro de 1992, a Copergás é uma empresa de economia mista que tem como sócios o governo do Estado de Pernambuco, a Petrobras S. A. – Gaspetro e a Mitsui Gás e Energia do Brasil. O governo estadual tem 51% das ações ordinárias da Companhia, sendo o sócio majoritário. A Petrobras e a Mitsui possuem, cada uma, 24,5% das ações.

O Conselho também aprovou, para o mesmo biênio, um novo mandato para os cinco integrantes do Comitê de Auditoria Estatutário: Alexandre Moura Alves de Paula; João Batista de Moraes Guerra; Eduardo Henrique da Fonseca Wanderley; Valeska Souza Penido Gonçalves; e Carlos Augusto de Vasconcelos.

Outra decisão tomada no dia 19 foi da Assembleia Geral Extraordinária dos acionistas, aprovando duas modificações no Conselho de Administração.  O conselheiro Marcelo Andrade Bezerra Barros, que deixou o posto em 1º de janeiro (data em que foi nomeado Secretário Estadual de Educação), foi substituído por Antônio Carlos dos Santos Figueira. A segunda alteração ocorreu na vaga do representante dos empregados da Copergás: saiu Luiz Flávio Beserra de Araújo, que completou o mandato, e em seu lugar entrou Tarcísio Dias de Araújo.

O Conselho de Administração da Copergás é formado por sete integrantes: quatro indicados pelo Governo do Estado; um pela Petrobras S. A – Gaspetro; um pela Mitsui e um representando os trabalhadores, escolhido em votação direta entre os funcionários da empresa.

A Copergás está vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico. É responsável pela distribuição do gás natural canalizado no Estado, atendendo aos mercados residencial, comercial, industrial, automotivo (GNV), termoelétrico e de cogeração.  Possui hoje uma rede de gasodutos de 932 km e mais de 52 mil clientes, no conjunto dos segmentos que atende.

Ano passado foi escolhida como a melhor empresa do Brasil no critério “Desempenho Financeiro” do anuário Época Negócios 360º 2020, publicado pela Editora Globo. Para 2021, a meta da Companhia é investir R$ 66,8 milhões, expandindo seu processo de interiorização que prevê, entre outros projetos, a implantação da distribuição do gás natural em Petrolina (Sertão) e Garanhuns (Agreste).