OLINDA GANHA OS PRIMEIROS GASODUTOS

07/01/2019

Ruas de Olinda recebem os primeiros gasodutos

Uma nova opção energética chega à Olinda. A cidade patrimônio cultural da humanidade recebe os primeiros quilômetros de gasodutos destinados ao abastecimento de residências, estabelecimentos comerciais e postos de GNV (gás natural veicular). A implantação da rede de distribuição do gás natural faz parte do projeto de expansão desenvolvimento pela Copergás – Companhia Pernambucana de Gás, na Região Metropolitana do Recife. Com 3,4 km de dutos instalados, os bairros de Casa Caiada e Bairro Novo são, inicialmente, os primeiros beneficiados.

De acordo com a Gerência de Engenharia da Copergás, a previsão é de concluir toda a obra em maio deste ano, totalizando 13,3 km de tubulação. Para instalação da nova rede a Copergás vai investir em torno de R$ 4,0 milhões, que contribuem para o crescimento do uso do gás natural, uma vez que vai habilitar a cidade ao fornecimento do produto para um mercado potencial de 2,4 mil unidades residenciais e 30 pontos comerciais. A estimativa inicial de consumo do energético no município chega a 1,35 mil metros cúbicos/dia, sendo 750 para o segmento comercial e 600 destinados ao residencial.

De acordo com o coordenador de Engenharia da Copergás, Roberto Zanella, a execução atende a todas as normas de segurança e os trabalhos ocorrem no período noturno ou mesmo diurno, dependendo da liberação do órgão de trânsito, para evitar interferências no tráfego de veículos nas vias. “Executamos os serviços no período noturno ou diurno, e ao fim dos mesmos, o trecho é recomposto provisoriamente e sinalizado para impactar o mínimo o transito de veículos”. Ele explica também, que outro diferencial é a utilização do MND (Método Não Destrutivo), que consiste em introduzir os tubos por baixo do pavimento, sem a necessidade de abrir valas nas ruas.

Além do município de Olinda, a expansão da rede de gasodutos na Região Metropolitana do Recife abrange, principalmente, os bairros da zona norte da Capital. São 95,6 km de extensão total, que somam investimentos acima de R$ 36 milhões. Com o avanço da rede 26 bairros que anteriormente não recebiam gás natural passam a contar com a oferta do produto.

O gerente de comercialização do segmento residencial e comercial da Copergás, Anderson Andrade, explica que o uso do gás natural, permite reduzir o tráfego de caminhões, por não ser necessário reabastecimento de centrais ou até mesmo no transporte do gás de botijão.  Ainda confere maior segurança por ser um produto mais leve que o ar, e, “ocorrendo vazamentos, é dissipado rapidamente, o que reduz a possibilidade de acidentes”, detalha.

Além de possibilitar o fornecimento do gás natural canalizado para prédios residenciais e comerciais, como clínicas, academias, hotéis, restaurantes, lanchonetes e para postos de gás veicular, a chegada do gás natural, traz condições econômicas mais adequadas para os consumidores. Visando esclarecer a população com relação às obras e seus benefícios, antes do início de cada intervenção, equipes identificadas visitam as localidades onde haverá trabalhos para avisar do início e levar informações gerais sobre o gás natural. Além disso, a Copergás mantem canais abertos à população, como os telefones 0800 281 2002 e o e-mail sac@copergas.com.br.