Preço do gás natural em Pernambuco tem uma redução média de 2,3%

01/11/2019

ARPE autoriza à Copergás recomposição tarifária, a partir de 1º de novembro. Maior queda no preço ocorreu no segmento comercial, com menos 6,1% nas tarifas

Os consumidores pernambucanos iniciam o mês de novembro com uma boa notícia: a Agência de Regulação de Pernambuco (Arpe) autorizou a Companhia Pernambucana de Gás (Copergás) a revisar as suas tarifas no Estado, o que representou uma redução média de 2,3% nos segmentos atendidos pela empresa. A autorização para a recomposição tarifária do combustível foi publicada no Diário Oficial do Estado, edição desta sexta-feira (01/11). O reajuste é válido a partir de hoje.

O segmento comercial atendido pela Copergás foi o que obteve a maior redução, com uma queda média de 6,1% na sua tarifa. Em segundo lugar, aparece o segmento residencial, que terá uma redução média de 5,1%. Já o segmento industrial será beneficiado com uma queda média de 2,9% na tarifa do gás natural, enquanto a chamada cogeração obteve uma redução média de 1,6%. Os dois segmentos veiculares – Gás Natural Veicular (GNV) e Gás Natural Comprimido (GNC) – vão manter as tarifas anteriores, sem redução ou aumento.

Segue, abaixo, a tabela com os percentuais: